Our Recent Posts

Tags

As 5 verdades sobre relacionamento reveladas em Dark (COM SPOILER)


JONAS E MARTHA em DARK

Vamos combinar! Assistir e compreender o roteiro de Dark é uma tarefa complicada, por isso além do enredo explicado, vamos mostrar o sentido por trás da trama. As 5 verdades que Dark revela sobre os relacionamentos estão mais explícitos na última temporada, então, fique ligado porque temos ALERTA DE SPOILER. A terceira temporada foi lançada no dia 27 de junho na Netflix.


RELEMBRE A HISTÓRIA COMPLETA

Nos siga no Instagram e Facebook: @historiasdaceli


1- O QUE FAZEMOS AFETA TODOS


Mais que só um romance de ficção científica a trama mostra como o convívio em comunidade afeta os indivíduos. Dark é claro em mostrar que Martha e Jonas afetam a linha temporal e os acontecimentos na cidade. Além de fixar ainda mais o nó que liga os dois Mundos, o que é algo ruim para todos, eles interferem na árvore genealógica e ainda causam mortes. Por mais que ambos tinham objetivos até justificáveis, toda decisão e ação em Dark teve resultados catastróficos. Isso existe não só nos mundos de Dark, mas na vida real. Muitas vezes, achamos que nossas decisões afetam apenas nós mesmos.


Porém, por mais que queiramos e até tentemos, ninguém vive sozinho. O que fazemos hoje afeta não só o presente, mas também o futuro. Isso acontece mesmo que não tenhamos consciência do efeito cascata das nossas ações. Normalmente as pessoas mais afetadas são as mais próximas, que acabam afetando outras e assim se forma uma avalanche.


O importante, antes de qualquer decisão, é pensar qual o possível resultado dela e se vai atingir positivamente ou negativamente as pessoas em sua volta.


2- RELACIONAMENTOS NÃO DEVEM SER PRESOS AO PASSADO


Tanto Jonas como Martha não conseguiram seguir seus caminhos juntos, pois não quiseram se desprender do passado. Muitos casais não conseguem conviver saudavelmente pois estão presos a suas manias, dogmas e a educação recebida quando criança.


Para que os relacionamentos cresçam de forma benéfica é preciso tratar o passado como passado. Os mundos de Jonas e Martha foram criados como resultado de uma dor intensa pela perda. Vimos que Tannhaus não conseguiu superar a morte do filho e viveu com a culpa de não ter um momento ideal para se despedir. O resultado foi o sofrimento, não só para si mesmo, mas também para o mundo de Jonas e Martha.


Sabemos que alguns traumas deixam marcas para a vida toda, porém se prender a isso impossibilita uma boa perspectiva de futuro. Não é possível mudar o passado, mas podemos construir um futuro melhor quando estamos abertos para aprender e abraçar novas experiências.


Conviver com as diferenças, dominar os danos das lembranças do passado e ainda estar aberto ao diálogo sem preconceitos são uma das chaves para os relacionamentos duradouros e saudáveis. Esse processo pode demorar ou até levar a vida toda. Cogite buscar ajuda profissional para facilitar essa etapa.

EVA E ADAM em DARK

3- NÃO HÁ RELACIONAMENTO SEM CONCESSÕES


Foi apenas no final que Martha e Jonas conseguiram chegar a um consenso. Eles passaram milhares de anos brigando por seus ideais sem chegar a um acordo pelo bem comum. Muitos relacionamentos se desgastam com brigas. Vivem em um looping infinito em que sempre começam ou terminam com discussões. Essas ações são feitas sem pensar no desgaste que estão gerando para si mesmos e para quem está perto. Manter um relacionamento diário pode ser difícil, afinal são pessoas únicas compartilhando tudo e isso inclui o tempo, que é algo precioso.


Nem sempre é fácil abrir mão de algo que queremos muito. Existem coisas que não conseguimos deixar de lado, e, é aí, que precisamos pensar nas decisões que vamos tomar. Muitos casais pensam opostamente em todos os quesitos da vida e não estão dispostos a deixar suas crenças para conseguir conviver. Os opostos podem até se atrair, mas não por muito tempo. O fator determinante para a vida duradoura de um relacionamento vai do quanto ambos estão dispostos a fazer concessões para manter essa ligação.


Todos temos defeitos e temos uma longa jornada durante a vida para melhora-los ou até intensifica-los. Por isso quanto os defeitos do outro podem te incomodar? Se a resposta for muito, isso pode exigir de você muita compreensão e paciência para entender que as coisas não vão mudar o quanto gostaria e que vai ter que ceder mais nesse ponto.

MARTHA E JONAS em FINAL de Dark

4- SÓ HÁ UNIÃO QUANDO SE PENSA NO BEM COMUM


Não há como viver sem frustrações convivendo com alguém que sempre quer estar certo. Por isso é preciso que ambas as partes cheguem a uma solução que fiquem confortáveis. É preciso chegar à solução que atinja o bem comum. Ganhar uma discussão não deve ser a prioridade. O ideal é que, mesmo não fazendo a sua vontade, você fique tranquilo com a resolução do problema.


Pensar no bem de seu parceiro(a) é uma dica, mas é preciso tomar cuidado, pois é necessário que ambos pensem da mesma forma. Do contrário a frustração pode aparecer e dar a sensação que apenas um está lutando pelo relacionamento. Equilíbrio é a solução, porém é preciso praticar o autoconhecimento para não extrapolar os seus limites.

5- FILHOS E A ORIGEM DOS PROBLEMAS

Filho de Martha e Jonas em Dark