Não fale essas 5 frases para uma pessoa com depressão

September 8, 2020

 

Uma das primeiras coisas a aprender sobre os pacientes de depressão é que muitos não tem forças para falar sobre o que estão passando. Falar sobre a doença pode ser tão difícil quanto enfrenta-la. Isso porque além de ser dolorido falar sobre a situação, nunca sabemos o que pode vir como resposta.

 

As reações podem ser diversas. Uns expressam pena, constrangimento e até tentam falar frases de apoio, outros lembram de algum conhecido que também está passando por isso. Porém algumas respostas podem ser piores que o silêncio constrangedor.   

 

Quando contei para a minha família...

 

Me lembro da primeira vez que falei abertamente na minha família sobre o que estava acontecendo. Já estava em tratamento de depressão há mais de 3 anos e nunca tinha falado sobre isso com meus pais e amigos. Eu sempre soltava o “está tudo bem; estou só em um dia ruim hoje; não quero conversar”. Esconder parecia ser mais fácil do que contar.

 

Porém durante as minhas férias na casa dos meus pais, eu estava comentando sobre a morte de um conhecido que tirou a própria vida. Estávamos comentando sobre a possibilidade de ser depressão e escutei.

 

- Para mim é covardia e fraqueza uma atitude dessa.

 

Fiquei tão perplexa em escutar esse conceito sobre a doença que contei tudo o que eu estava passando nos últimos anos. Expliquei que quem pensa em praticar o suicídio quer acabar com a dor e não com a vida. Viver se transforma um fardo por causa do sofrimento que a doença causa. O tratamento pode demorar para diminuir as crises e não é fácil manter o autocontrole quando elas aparecem. Já tinha passado por várias nos últimos anos, mas o fato de ter uma família que me ama sempre me impediu de tentar o suicídio (nem todas as pessoas com depressão tem pensamentos suicidas).

 

Meus pais ficaram chocados e desde então trataram esse tema com outra perspectiva e com mais respeito. Eu queria poupa-los dessa preocupação, porém não pude deixá-los com a imagem errada sobre a doença. Para minha surpresa me escutaram e quando expliquei como os sintomas se manifestavam em mim, eles compreenderam que é uma doença muito perigosa e difícil de enfrentar.

 

Porém não é sempre que escutamos palavras de apoio que se encaixam com a situação por mais que a pessoa tente ajudar. Então aqui vai algumas dicas de coisas que não se falam para pessoas com depressão e seus porquês.

 

 

1. É FALTA DE DEUS

 

‘VOCÊ TEM QUE ORAR MAIS’, essa é a frase que coloco no topo da lista de coisas mais frustrantes para escutar em uma conversa sobre depressão. Infelizmente muitas pessoas na comunidade religiosa ainda pensam que a depressão não é uma doença, mas um estado espiritual. Nasci em um ambiente religioso e já me retirei de um culto quando escutei que os problemas com a saúde mental eram relacionados a ‘falta’ de Deus. Eu não consegui ficar em um ambiente que tratou um assunto desses como uma punição espiritual.

 

Além de cruel essa afirmação é injusta. Cruel porque pacientes de depressão já se sentem sozinhos e abandonados pela sociedade. Injusta porque, na crença cristã, Deus nos ama independente do que façamos. Ele odeia o pecado e não o pecador. Ele não nos pune por orar menos ou não acreditar nEle. Falar isso é como dizer ‘Está doente? Viu? Deus castiga’.

 

A depressão é tão angustiante que não escutamos nada em nossa mente além do eco da nossa solidão e dor, a sensação é de que fomos abandonados por Deus. Mas isso não significa que realmente fomos.

 

 

2. VOCÊ TEM QUE PENSAR POSITIVO

 

Sério que nunca pensamos nisso? Claro que para uma boa saúde mental é preciso cuidar da qualidade de nossos pensamentos e evitar ideias e sentimentos tóxicos. Porém para sair da depressão é preciso mais que pensar apenas em coisas boas.  

 

O ‘conselho’ de pensar positivo pode até protelar a busca pela ajuda. Isso porque o paciente pode pensar que essa fase passará sem tratamento, o que causa o agravamento da doença.   

 

A depressão no estágio avançado controla qualquer força de vontade. Aliás, não existem mais vontades, motivações ou paixões. É como se alguém imobilizasse a mente e o corpo. É quase impossível ter forças para levantar da cama e fazer as atividades simples. Tudo perde o sentido, inclusive viver. Para melhorar essa condição é essencial buscar ajuda dos profissionais de saúde.

 

 

3. VOCÊ TEM QUE SAIR MAIS

 

Algumas pessoas gostam mais de ficar em casa do que as outras, isso é normal. Porém um sintoma em comum da depressão é a ‘necessidade’ de ficar isolado. Isso porque, como já falamos acima, existe a falta de vontade em fazer qualquer atividade, o que inclui as atividades sociais.

 

Então sair de casa com os amigos se torna uma tortura, isso porque além de ter que encontrar forças para fazer algo que não quer, existe o medo de ‘estragar o clima’ do ambiente por não conseguir ‘curtir’ a atividade como as outras pessoas. Não é regra, mas a maioria das pessoas com crise de depressão não se sentem bem em locais públicos com muitas pessoas.

 

O importante é sempre lembrar de convidar e dizer o quanto ela vai fazer falta caso não compareça.  Não insista se a pessoa não se sente confortável em sair. Algumas atividades são mais benéficas se forem feitas reservadamente com uma visita em casa ou um lugar com poucas pessoas. Se for visitar, sempre avise antes de ir e não force falar sobre a doença se a pessoa não quiser.     

 

 

4. VOCÊ PRECISA FAZER MAIS COISAS QUE GOSTA

 

Esse conselho é muito complicado de escutar e praticar. Isso porque a resposta dele é simples. ‘Como?’ Pessoas em estágios moderados a graves não conseguem fazer as coisas que gostam porque não sentem mais o prazer em pratica-las. Essa é um dos sintomas que considero mais frustrante durante a doença. Não ter mais interesse nas coisas que amávamos fazer.

 

Você se torna um desconhecido para si mesmo. Por isso buscar por ajuda é tão difícil e, em muitos casos, não é possível fazer isso sem o auxílio de algum amigo ou familiar. A notícia boa é que com o tratamento você recupera o prazer que sentia em praticar as atividades que ama e descobre outras.

 

 

5. ISSO É FALTA DE CORAGEM E PREGUIÇA

 

Afirmar que a depressão não é uma doença, mas é a falta de coragem ou preguiça de encarar os problemas da vida é igual dizer que ela surge pela ‘falta de Deus’. Ambas são afirmações erradas e que induzem à culpa e o sofrimento.

 

Apesar da ciência ainda pesquisar sobre o tema, já se sabe que a depressão pode surgir após episódios traumáticos, de desordem hormonal, deficiência de vitaminas, uso abusivo de drogas e álcool e pré-disposição genética. O tratamento pode levar anos e alguns pacientes podem voltar a sofrer com a doença ao longo da vida. Ela é uma doença comprovada cientificamente.

 

Quem sofre de depressão pode expressar o sofrimento de diferentes formas. Enquanto umas chegam ao limite e demostram socialmente, outras já podem evitar transparecer o que estão passando. Entretanto isso não quer dizer que uma sofre mais que a outra, todos precisam de apoio para poder vencer a doença.

 

FATOS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE O SUICÍDIO

 

 

 

Please reload

Our Recent Posts

Não fale essas 5 frases para uma pessoa com depressão

September 8, 2020

APÓS ENFARTO: jovem perde 72 kg e ajuda outras pessoas a emagrecer

July 9, 2020

As 5 verdades sobre relacionamento reveladas em Dark (COM SPOILER)

July 2, 2020

1/1
Please reload

Tags

Please reload

 

Histórias da Celi

Formulário de Inscrição

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram

©2019 - Michelle Martins - Celi Comunicação CNPJ 34.551.953/0001-60. Proudly created with Wix.com